Núcleos

A Fundação Raízen mantém sete núcleos, sendo seis em municípios dos estados de São Paulo e um em Goiás. Os núcleos de Dois Córregos (SP), Igaraçu do Tietê (SP), Piracicaba (SP), Jataí (GO), Valparaíso (SP) e Ipaussu (SP)  têm como foco a formação educacional e profissional. Oferecem o projeto socioeducativo (de 11 a 17 anos) e cursos profissionalizantes (de 18 a 30 anos).  A cada ano passam pelas salas de aula da Fundação 600 alunos do socioeducativo e cerca de 600 alunos nos cursos profissionalizantes. Já o núcleo de Jaú atende crianças de 4 meses a 10 anos. Conta com 120 alunos na Educação Infantil e 100 alunos no Ensino Complementar. Oferece, ainda, cinco refeições diárias e tem o reconhecimento do Ministério da Educação e Cultura (MEC) em relação à qualidade dos cursos. A atividade diferenciada do  núcleo de Jaú é decorrente da  demanda da comunidade local, que apresentava uma evidente carência de creches e cursos de Educação Infantil. Essa estratégia de atuação indica com clareza a sintonia entre os projetos da Fundação e as demandas específicas das comunidades que vivem nas áreas de atuação da Raízen.

A história dos núcleos

O primeiro núcleo da Fundação foi aberto em Piracicaba, inicialmente com cursos destinados a filhos dos funcionários da então Cosan, como forma de oferecer educação complementar. As ações se ampliaram à medida que as carências das comunidades onde a empresa atuava foram identificadas. Morando no campo, em regiões de difícil acesso, os filhos dos trabalhadores não tinham recursos nem facilidade de locomoção para frequentar cursos de formação suplementar em áreas como informática, artesanato, educação física e acompanhamento psicológico. A Fundação assumiu essa tarefa e, a partir de Piracicaba, ampliou seu campo de atuação para beneficiar outras comunidades.

Nos sete núcleos da Fundação Raízen as ações se realizam por meio de parcerias com entidades como Senai e Senac e com apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), como contrapartida social dos investimentos nas unidades de produção da Raízen. Graças a essas parcerias e à contrapartida social, a Fundação intensificou suas atividades e, num único ano (2012), inaugurou três novos núcleos, em  Igaraçu do Tietê (SP), Jataí (GO) e Valparaíso (SP), ampliando significativamente o número de projetos e de comunidades beneficiadas. Em 2014 inaugurou o Núcleo Ipaussu  (SP).